Ana Paula Magalhães

Ana Paula Magalhães nasceu em Brasília, viveu por um tempo em Londres, mudou-se para São Paulo, mas hoje mora em Nova York. É louca por música, mas formou-se em literatura brasileira. Escreve sobre coisas tristes, mas ama rir bem alto com os amigos. Às vezes fala muito, mas é capaz de passar dias calada. Adora ser inclassificável e muda de opinião sempre que pode.

Todas as publicações

Não somos tão jovens

publicado em 19 de outubro de 2015

“Somos tão jovens, tão jovens, tão jooooovenssss”… Para você ver o nível do desespero. 2015 e estou escutando Legião Urbana. Criei uma playlist no…

Descompasso

publicado em 01 de setembro de 2015

Dentro do espaço de tempo Da dor que sinto no peito Espio o pensamento roto Convertido em água E que me verte pelos dedos…

Agora que tenho você

publicado em 13 de agosto de 2014

Agora que tenho você, terei que ser outra. Terei que ser. Mesmo não querendo, eu serei. Agora que tenho você, terei que sair do…

O amor é do tamanho de um limão

publicado em 11 de fevereiro de 2014

O amor tem 12 semanas, 5 dias, o tamanho de um limão e mora dentro de mim. Amor invisível, que não se toca ainda,…

Sorvete

publicado em 29 de novembro de 2013

No dia que a gente tava tomando sorvete num lugar feito pra se tomar sorvete, descobri o quanto não pertencemos. E olha que a…

Meu

publicado em 30 de outubro de 2013

Parece que foi ontem que te vi entrando pela porta segurando um saquinho de papel cheio de doces e falando calmamente: “isso aqui é…

Diferente

publicado em 23 de setembro de 2013

“Olha pra cima, porque é lá que estão as melhores coisas”. Soltou a frase assim, no meio da rua, da boca pra fora, num…

Peça

publicado em 30 de agosto de 2013

Fez tudo direitinho, mas mesmo assim a vida lhe virou a cara. Assim, sem mais nem menos, sem arrependimentos e, o que é pior,…

Cola

publicado em 20 de agosto de 2013

Vai ali na gaveta e pegue aquela cola que comprei semana passada. Isso. Agora junte seu coração, ou melhor, o que sobrou dele, e…

Tipo

publicado em 09 de agosto de 2013

Era do tipo que na falta de receber mensagens interessantes, mandava email pra si mesma. Músicas, poemas, uma frase bonita, lembranças cotidianas, datas de…

Miame, me

publicado em 26 de julho de 2013

Era uma vez uma menina feita de amor. Os braços de amor, o torço pequeno de amor, as pernas grossas de amor, os pés…