Veronica Fantoni

Escritora carioca, formou-se em letras e especializou-se em jornalismo. Não vive sem música, livros e dias de sol. Além de ser uma das editoras d’aLagarta e escrever para a Confeitaria, sempre que pode espalha suas palavras por aí.

Todas as publicações

Tic Tac

publicado em 12 de Janeiro de 2016

O homem inventou um jeito de contar o tempo. Hoje é dia 6. Existiu o ontem e o amanhã também vai haver. Você nasceu em maio, eu nasci em janeiro, o Carnaval é em fevereiro — em março, talvez.

A Menina dos Olhos

publicado em 14 de julho de 2014

Desse tudo Um tanto valeu de nada Nada a menina dos olhos Em mares de água salgada Só o sal salga o olhar Que…

O Inventário das Coisas Ausentes

publicado em 05 de Maio de 2014

“Talvez entre o eu te amo e o amor propriamente dito haja um espaço intransponível. Talvez o tempo que passa. Mas não apenas. Talvez…

Outras estrelas

publicado em 10 de Abril de 2014

Era quinta-feira. O chiar da chaleira parecia pedir silêncio ao silêncio que já se ouvia ao redor. Ela fazia chiiiiiiiiiiiiii. A caneca amarela era…

Apartamento 403

publicado em 04 de Fevereiro de 2014

Eu te escrevi uma carta. Eu te escrevi uma carta porque eu acho que a gente podia conversar. Você é um homem-muito-ocupado-do-tipo-que-corre-demais (eu sei),…

Descomeço

publicado em 31 de julho de 2013

Ele já estava sentado quando ela chegou. Não que ela estivesse mais uma vez atrasada, dessa vez foi ele quem chegou cedo demais. Ele…

Acorda, vida

publicado em 14 de Maio de 2013

Acordei antes do despertador tocar, coisa rara de acontecer. Levantei antes do sol chegar e raiar sua energia pelos tetos, paredes e chão, esquentando…

No way out

publicado em 09 de Abril de 2013

Okay. Eu, você e Lulu Santos consideramos justa toda forma de amor. Mesmo que muitas vezes o amor chegue torto e atravessado, e não…

Feliz Ano Novo

publicado em 26 de Março de 2013

Hoje é o seu aniversário, me avisou o calendário. Eu queria estar com você, mas já faz tanto tempo que a gente nem se…

Vem ver

publicado em 13 de Março de 2013

A madrugada ainda está acordada. Por um momento, meu pensamento voa feito folha seca ao vento e tenta chegar até você, como uma imagem…