Textos

27 de junho de 2014

Ilustração:
Renata Miwa

É tanto riso

Sou acordada às 6:45h e não há muito o que fazer. Tenho que ir, tá na hora.

Tentei levantar cedo para tomar banho e café, mas um abraço quente não deixou.

Saio do banho, visto a roupa, um beijinho de tchau e saio atrasada.
Esqueci de tomar café.

Passa por mim um carro, que anda devagar e tem som alto.

Ele tá buzinando a essa hora da madrugada?

Estaciona o carro, e de repente, correndo e tropeçando no asfalto, salta um homem beirando os 40.

Tutu verde limão no pescoço, calças quadriculadas, olheiras brancas, um coração verde e amarelo no canto da bochecha… e o inconfundível nariz vermelho.

Sabe-se lá de onde veio, mas sei pra onde vai…

Continuo andando e ao passar pela banca, vejo a capa do jornal e das revistas.

A violência tomou conta da madrugada, mas as manchetes só falam dos gols da Copa.

A crise continua.
A falta de graça também.

Foi uma corneta que eu ouvi?

Eu tinha medo, agora tenho só inveja de palhaço.

 

* Imagem: ilustração de Renata Miwa para a Confeitaria.

Tatiana Giglio
Leia mais textos de Tatiana aqui.