Textos

13 de outubro de 2013

Do the right thing

Não é que eu quero falar, mas esses caras se apossando do grafite de um castor do Banksy no Brooklyn hoje e cobrando US$ 20 ou uma pizza pra quem quiser tirar foto é o que atualmente tem de mais representativo na discussão estética e comercial do que é arte e do que não é. Um grupo de locais, negros, reivindicando o status daquela parede.

Para uma região que nenhum branco vai, chegando em Cypress Hills, é quase uma refilmagem do que a gente começou a ver com Spike Lee em “Do the Right Thing”, a questão da gentrificação, do local que é transformado e inflacionado até a comunidade local se ver obrigada a sair de lá porque não consegue pagar mais o aluguel.

É como se esse grupo cobrando 20 dólares “pros brancos verem o Banksy”, que é até meio cômico (da inconsistência de seu discurso político), estivesse também dizendo: “Hope the block is still standing. We’re still standing”.

Thiago Blumenthal
Leia mais textos de Thiago aqui.